Ipem-PE flagra loja vendendo colchões sem selo do Inmetro

34.jpeg

postado em 13 de Agosto de 2019 13h08

Uma fiscalização do Instituto de Pesos e Medidas de Pernambuco (Ipem-PE), realizada no último dia 7, identificou colchões sendo comercializados fora dos padrões de qualidade exigidos pelo Inmetro. Uma loja no bairro de Afogados foi fiscalizada e os agentes encontraram 68 colchões de espuma, colchonetes e colchões de mola que não atendiam as especificações exigidas pelo Inmetro. Os produtos foram interditados.

“A fiscalização teve como objetivo identificar se os fabricantes estão fornecendo ao mercado produtos já de acordo com a certificação obrigatória que garante que os colchões passaram por testes de qualidade, resistência e conforto, além de apresentarem todas as informações necessárias para o consumidor”, explica o presidente do Ipem-PE, Adriano Martins.

O consumidor precisa ficar atento na hora de escolher e comprar um colchão. Para isso, é importante observar se nos colchões e colchonetes existe a etiqueta fixada de forma permanente ao revestimento. Caso o colchão não traga o selo de certificação do Inmetro o melhor é não adquirir o produto, pois colchões fora dos padrões de qualidade podem causar prejuízo e problemas para a saúde, como dor na região lombar e fadiga. Os consumidores também podem fazer denúncias e reclamações junto à Ouvidoria do IPEM-PE, pelo telefone 0800 081 1526, de segunda à sexta-feira, das 8h às 14h, ou enviar e-mail para: ouvidoria@ipem.pe.gov.br.

(Com informações do blog de Henrique Barbosa)