Pelo terceiro ano consecutivo, o melhor meio de comunicação do setor colchoeiro, levando inovações, lançamentos e tecnologias que contribuem para aumentar a venda de colchões no Brasil

• Em 2017 estão em operação no Brasil mais de 400 indústrias de colchões, movimentando mais de R$ 7 bilhões.

• O esforço de fornecedores, fabricantes e lojistas deve estar direcionado à geração e difusão de informações que levem ao aumento das vendas de colchões, a partir da compreensão dos consumidores de que a saúde e a qualidade de vida dependem muito do colchão.

• De outro lado, fornecedores e fabricantes devem focar suas ações na identificação de novas oportunidades. Afinal, é fundamental saber de onde virá o crescimento do setor colchoeiro nos próximos anos.

• O ponto principal da edição 2018 do Anuário de Colchões Brasil é exatamente esse: congregar a cadeia colchoeira rumo à expansão do mercado, agregando valor aos negócios e satisfação aos consumidores.

• Junte-se a nós neste esforço. Participe. Anuncie. Divulgue sua marca no maior compêndio de informações estratégicas do setor colchoeiro do País.

• Em novembro chega ao mercado a 3ª edição do Anuário de Colchões Brasil.

QUER RECEBER NOVIDADES SOBRE COLCHÕES? ASSINE NOSSA NEWSLETTER

conteúdo editorial

O FUTURO DO SETOR

(de onde virá o crescimento do mercado de colchões?)

Fornecedores, fabricantes e especialistas analisam os principais fatores de crescimento para este mercado.

O COLCHÃO NO MUNDO

(O mercado mundial e os novos formatos de vendas)

O cenário externo pode servir de base para a evolução tecnológica do setor no Brasil, inclusive em estratégias comerciais.

O PAPEL DO VAREJO

valorização dos colchões nos pontos de venda)

Varejo especialista em vender sono ao invés de colchão, aliando o conforto dos colchões e travesseiros às boas noites de sono, e, consequentemente, melhora da qualidade de vida e da saúde das pessoas. “A maioria das pessoas precisa dormir mais e dormir melhor”

INDÚSTRIA DE COLCHÃO

(normalização, logística reversa)

O papel da indústria na garantia de produtos de alta qualidade, protegendo a imagem do colchão como elemento ligado à saúde e qualidade de vida. Isso inclui: produção 100% normatizada e o correto descarte dos colchões fora de uso. - As 100 maiores cidades para vendas de colchão - As 350 mais importantes indústrias de colchão

circulação | publicidade

LANÇAMENTO DA EDIÇÃO 2018:

23/JUN/2018

CIRCULAÇÃO IMPRESSA E DIGITAL:

26/NOV/2018

Páginas 2 e 3:
Preço sob consulta
Página dupla indeterminada:
Preço sob consulta

Uma página - anúncio ou informe:
Preço sob consulta

½ página indeterminada:
Preço sob consulta

Destaque ¼ de página:
Preço sob consulta

artigos | notícias

Ortobom é eleita marca Top of Mind no Rio G. do Sul

A Ortobom conquistou o Prêmio Top of Mind Amanhã 2017 na categoria colchões. A empresa foi eleita após uma pesquisa de opinião com consumidores, através de perguntas abertas, feitas com o objetivo de ...

(+)

Preço de colchão cai mais no Sudeste

Pesquisa mensal do IBGE revela que em maio o preço de colchão apresentou deflação na região Sudeste com -0,50%. No acumulado de janeiro a maio a região, representada pelo Rio de Janeiro, São Paulo, Mi...

(+)

Colchões têm maior deflação este ano

Com queda de 2,31% no Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA-15) de maio, o segmento de colchão registrou o maior índice entre todos os segmentos de mobiliário levantados pelo IBGE. O men...

(+)

Estudo conclui: baixa qualidade do sono envelhece

Não é difícil observar que as pessoas, à medida que se tornam mais velhas, dormem menos e acordam cada vez mais durante a noite. Para entender as causas desse fenômeno, um grupo de pesquisadores dos E...

(+)

Automação em evidência em corte de espuma

Nos últimos anos, a automação tornou-se um tema de muita relevância para os fabricantes de colchões. ?No mercado de alta tecnologia, em países com altos custos trabalhistas, há uma tendência crescente...

(+)

Conclusões de estudo que usou 1 trilhão de dados

Homem usa smartphone em loja de Seul, em janeiro de 2017. Dados de IPs do mundo todo são usados por pesquisa da Universidade de Chicago Atualmente, cerca de 3,5 bilhões de pessoas utilizam a inter...

(+)

Contato