Marca de colchão usado no Palácio de Buckingham e na Casa Branca chega ao Brasil

08_2.jpg

postado em 11 de Junho de 2019 13h57

Márcio Garcia e sócio trazem para o Rio a marca americana Sealy, com modelos de até R$ 10 mil

 

Imagine dormir todas as noites sobre um colchão da marca usada no Palácio de Buckingham, onde vive a rainha da Inglaterra. Tal privilégio se tornou mais fácil graças à inauguração, este mês, da Sealy, primeira loja no Brasil da centenária grife de colchões americana, no CasaShopping.

Também estão disponíveis os modelos usados na Casa Branca. Os preços variam entre R$ 2 mil e R$ 10 mil. “A loja é democrática, porque não oferece só os modelos mais caros. Todos os colchões têm qualidade” afirma o empresário Denison Faedda, sócio da loja ao lado do ator e apresentador Márcio Garcia.

A Sealy também é conhecida por ser fornecedora de redes hoteleiras como Marriott, Trump, Hyatt e Hilton, bem como do Copacabana Palace e do Hotel Fasano, no Rio. Seus colchões têm a tecnologia Posturepedic, desenvolvida por ortopedistas, e uma camada de látex natural importado da Espanha.

No CasaShopping também funciona desde o ano passado o showroom da Collectania, que representa no Brasil outra marca centenária, a holandesa Auping, de camas e colchões de alto padrão. Com a chancela da coroa real holandesa, um de seus carros-chefe é a Essential, primeira cama do mundo 100% reciclável. As de casal, com colchão, custam de R$ 28 mil a R$ 140 mil.

(Com informações de O Globo)